search

Aprenda a dizer Não

Postado por Administrador em 09/Set/2016 - Sem Comentários

Algum tempo atrás recebi uma mensagem de um leitor pedindo ajuda no que se refere à administração do tempo. Na sua mensagem ele dizia que se continuasse a trabalhar como estava habituado daqui a pouco quando chegasse em casa a esposa teria que apresentá-lo aos filhos, pois eles não mais o reconheceriam.

Acho esta situação extremamente triste. Afinal nós precisamos trabalhar para sobreviver, para nos sentirmos realizados, para poder prover nossos entes queridos com aquilo que eles necessitam. Mas se para isto os privamos de nossa companhia e em consequência do sentimento de serem importantes para nós, tem algo errado nesta situação.

Se você é, como este leitor, uma pessoa organizada, com habilidade para planear e priorizar suas tarefas, administrar o próprio tempo, pode não ser um desafio. Mas se, apesar de toda organização e planeamento, você sente-se esgotado e está sempre atrasado nos seus projetos, então você precisa aprender a dizer “não”, porque o tempo que temos é finito.

Não estou referindo-me , aqueles que, por causa de uma emergência eventual, precisam de vez em quando trabalhar até mais tarde, também não estou me referindo ao medo de assumir novos desafios, nem a falta de motivação.

Estou referindo-me a situação constante de falta de tempo, de trabalhar todos os dias até tarde da noite, quando fica impossível realizar um trabalho de qualidade.
Se este é o seu caso, lembre-se que quando as pessoas se aposentam, muitas arrependem-se de não ter despendido mais tempo com a família ou com amigos ou com outros entes queridos, mas dificilmente se encontra alguém que, já idoso, diga “Huummm devia ter gasto meu tempo trabalhando mais, arrependo-me de ter passado tão pouco tempo no meu emprego.”.

Você deve estar pensando agora: “falar é fácil, mas gostaria de vê-la no meu lugar…” Pois foi exatamente o que fiz, imaginei-me no seu lugar e preparei um roteiro para ajudar você a dizer “não” de forma a não perder o emprego ou os amigos, quando a empresa, o chefe ou qualquer outra pessoa lhe pedir para fazer mais alguma coisa e você já está sem tempo para nada.

Primeiro, ouça. Escute a solicitação com atenção e generosidade. Não julgue ou avalie a solicitação enquanto o outro estiver a falar, mas mostre que está a entender a necessidade dele. Como? Nas pausas, se não houver pausas, interrompa, refraseando abrevie o que o outro está a dizer, verificando se realmente entendeu e também fazendo perguntas.

Segundo, avalie. Quando tiver certeza de que entendeu o que o outro está pedindo, faça um auto-exame: você não pode fazê-lo porque realmente não terá tempo de fazê-lo com qualidade ou é um desafio grande demais para si, no momento ou você está desmotivado?

Terceiro, diga o “NÃO”. Se o caso for realmente falta de tempo diga não utilizando uma das frases abaixo, ou crie a sua:

  1. Sinto-me honrado com sua a solicitação, infelizmente estou envolvido em (citar os projetos nos quais está trabalhando), portanto não poderei dar a atenção que este projeto/tarefa merece.
  2. Acredito que este projeto/tarefa é muito importante, irá ser um diferencial na carreira de quem for liderá-lo e fico lisonjeado de você ter pensado em mim para liderá-lo/apoiá-lo, mas estou ocupado com (cite as suas atuais tarefas/projetos), portanto vou ter que recusar sua oferta.
  3. Esta tarefa/projeto/necessidade é realmente urgente (explique como percebeu a urgência) e como estou a realizar outras tarefas/projetos também urgentes. Gostaria da sua ajuda para priorizar o que devo fazer primeiro. (esta é especial para chefes, mesmo os chefes mais autoritários ficam satisfeitos, pois você está demonstrando que sabe que quem manda é ele).
  4. Antes de mais nada, tenho que agradecer, você ter pensado em mim para esta tarefa/projeto, que é realmente importante. No entanto, não posso ajudá-lo agora, pois tenho que terminar isto.
  5. Adoraria ajudá-lo, este projeto realmente irá dar destaque a quem for realizá-lo. Como já estou comprometido com (cite os seus compromissos) infelizmente não posso assumir mais esta responsabilidade.

Quarto, deixe a porta aberta. Sem pausa, entre a frase anterior e a próxima, finalize o seu “NÃO” abrindo a possibilidade de trabalhar em outra ocasião em conjunto com aquela pessoa, dizendo algo parecido com:
Realmente fiquei triste/chateado em não poder fazer parte deste projeto/tarefa porque gostaria de realizar algo em parceria com você, ficarei agradecido se você continuar a lembrar-se de mim quando surgir outras oportunidades como esta.

Enfim, a pessoa que está a fazer a solicitação pode não ficar satisfeita, mas certamente com tanta cortesia, não poderá entrar em conflito. Faça uma tentativa.